Jesus e a seita dos Nazarenos

Bem, ao nos darmos conta de que não se tem qualquer notícia da existência de uma cidade chamada Nazaré, ao menos, até o fim do séc. I, só temos uma forma de explicarmos por qual motivo Jesus era chamado de Nazareno (diga-se, como consta na placa da Cruz): Jesus era chamado Nazareno porque fazia parte ou era considerado adepto da seita dos Nazarenos [1], provavelmente a mesma à qual João Batista também pertencia.

.

Quem eram os Nazarenos?

Leia mais »

O Cristo não é o Messias

De duas, uma: se Jesus, o Nazareno, existiu historicamente, ou ele era o Cristo ou era o Messias. Não poderia ser as duas coisas, pois, enquanto etimologicamente o termo grego “Cristo” fosse equivalente ao hebraico Messias, não é verdade que o fosse na essência.

Nos dois idiomas (grego e hebraico, respectivamente), Cristo e Messias significam “ungido”. Jesus poderia ter sido mais um dos inúmeros messias de seu tempo, que vieram e que haveriam de vir ainda. Mas, como Chrestos ou Cristo, Jesus era outra pessoa.

Leia mais »